A 1 de Outubro de 1990, foi fundada a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21

A 1 de Outubro de 1990, foi fundada a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (APPT21) e as primeiras opções estratégicas foram a prestação de cuidados a crianças afetadas por esta doença genética. Pouco depois, logo no início da década de 90, a associação introduziu, em Portugal, as mais modernas metodologias de avaliação e de intervenção na área do desenvolvimento relacionadas com esta patologia e, volvidos menos de dois anos, foi decidido generalizar a experiência a outras doenças que não a Trissomia 21, pelo que a instituição passou a proporcionar Programas de Intervenção específicos para a síndrome do X Frágil, para a Síndrome de Williams, para a síndrome fetal-alcoólica, para a síndrome de Turner, para síndrome de Prader-Willi e para a Perturbação do Desenvolvimento Intelectual (vulgo, défice cognitivo, deficiência mental ou atraso mental) com ou sem causas conhecidas.

Ver vídeo na notícia original

Últimas Notícias

Rota dos Museus – Um projeto Pais21

Termina hoje a nossa volta pela Rota dos Museus, onde os nossos jovens “passearam”, de setembro a junho, pela diversidade cultural do nosso país ganhando conhecimento do nosso vasto património.

LER MAIS

13º Encontro de Famílias 21

Realizou-se hoje, no Museu de Aveiro Santa Joana, o 13º Encontro de Famílias 21, dinamizado pela Pais21 – Down Portugal com o apoio da Câmara Municipal de Aveiro. O Encontro

LER MAIS

13º Encontro de Famílias 21

Realiza-se no próximo dia 25 de maio o 13º Encontro de Famílias. Este encontro é um evento anual que reune famílias de todo o país. Para além da discussão e

LER MAIS
Skip to content