Obrigada, Professora por puxar por mim!

Quisemos com esta campanha, mais uma vez  sensibilizar para as capacidades das crianças com t21. Não é porque alguém tem t21 que é menos capaz ou  o investimento no desenvolvimento máximo deve ser menor. Encontramos ainda muitas crianças subaproveitadas ou porque os professores não acreditam, ou acreditando não dispõem dos recursos necessários.  Sabemos que as oportunidades criam capacidades. O aluno com t21 continua a ser , muitas vezes  um aluno invisível, que está na sala de aula, que até de porta-se bem, e que por isso, tende a ser ignorado. Queremos jovens autónomas e capazes , para isso têm que aprender o mais possível e o melhor lugar para o fazer é na escola junto dos seus pares.

A Campanha 2015 foi, acima de tudo, uma chamada de atenção “estou aqui, sou capaz, ensina-me, puxa por mim como por qualquer colega sem t21. Eu tenho capacidades, olha par mim como pessoa e não para o diagnóstico que é apenas uma parte de mim”.