“Senti sempre que tivesse o que tivesse ia correr bem e desde muito cedo que o senti mexer na barriga. Hoje é um bebé mais que perfeito, muito conversador e atento. Não sei o que vai fazer, nem o que irá ser no futuro, mas isso nunca sabemos com filho nenhum. Sei que nem sempre vai ser fácil mas tenho a certeza que será muito feliz e fará deste mundo um sitio muito melhor!”

Rosa Amado, mãe do José Maria