“Quando nasceu a Madalena, só soubemos que ela tinha t21 14 dias após o seu nascimento, em 14 dias passámos de uma bebe normal, para uma diferente, o choque foi enorme e levou-nos tempo a adaptar. Nada disto se passou com os meus pais, desde o primeiro dia foram sempre o meu maior apoio, a maior força. Nunca falaram em problemas, sempre em soluções. A t21 nunca foi um problema, têm uma fé inabalável na Madalena e nas suas capacidades. A normalidade com que esta neta diferente foi aceite foi para mim uma demonstração do que é amor incondicional! “

Teresa Duarte Ferreira