«As pessoas com trissomia 21 são subvalorizadas. “De um modo geral, a fasquia é muito inferior em relação ao que conseguem fazer, sobretudo a nível profissional”, afirma ao Vital Health Marcelina Souschek, representante do Grupo Pais21 da Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21. É, pois, para contrariar esta tendência que vai ser lançada, esta quarta-feira, a campanha “Acredita, eu consigo”, no âmbito do Dia Mundial da Trissomia 21 celebrado a 21 de março. (…)»

Leia mais aqui!